Saturday, April 07, 2007

AMOR TOTAL

Amo-te!
Fonema tão redondo
tão perfeito
palavra que nasce
do meu peito
num jeito tão saudade
e tão diverso;
poema de canção
eterna musa
expressão maior
da alma lusa
sujeito e predicado
coração
complemento directo
em cada verso.
Amo-te!
E este amor nascente
aumenta e cresce
no sol que sobe
na escuridão que desce
na brisa
tão suave, tão leveza
que com ele
se dilata, se amplia
eterna e envolvente
sinfonia
de amor à Humanidade
e à Natureza!...

Maria Mamede

4 Comments:

At 9:45 AM, Blogger TINTA PERMANENTE said...

Diz-se Amor como quem diz Primavera ou, mais panteísmo na palavra, como quem renasce em si mesma!
A Poesia, essa, agradece!
Abraços!

 
At 3:58 AM, Blogger Guilherme F. said...

Regresso, depois da ausência, para visitar e deixar palavras, simples.
Gostei muito do que encontrei.
Parto, já com saudades… ;)
Bjs
Gui
Coisasdagaveta.blogs.sapo.pt

 
At 4:04 AM, Blogger Cecilia Cunha said...

De ficar sem palavras...

 
At 3:04 AM, Blogger Menina_marota said...

Uma palavra TOTAL...

Bj ;)

 

Post a Comment

<< Home